Livro - Manual do Pequeno Investidor em Ações


Livro - Manual do Pequeno Investidor em Ações


Começar a investir em Ações é um desafio tremendo. Maior ainda é o desafio do Pequeno Investidor, iniciante, que se aventura num mundo novo, desconhecido, com seus jargões e regras próprios. E entrar nesse mundo sem as precauções e o conhecimento necessário pode ser a diferença entre enriquecer ou ir à falência.

Os objetivos desse artigo são:


  • Apresentar Fábio Portela, autor do livro e do Blog O Pequeno Investidor;
  • Fazer um breve comentário a respeito do que se pode encontrar no livro.







Sobre o Autor


Livro - Manual do Pequeno Investidor em Ações


Fábio Portela é investidor desde 2006 e compartilha no site O Pequeno Investidor seus conhecimentos sobre investimentos, adquiridos ao longo do tempo, seja com sua experiência, seja por meio das leituras que fez ao longo dos anos. É mestre em Direito Constitucional e em Filosofia pela UnB, e atualmente cursa doutorado em Direito Constitucional na mesma instituição.

Livro - Manual do Pequeno Investidor em Ações

Manual do Pequeno Investidor em Ações


Segundo o autor, o objetivo ao escrever livro foi "ensinar o pequeno investidor, que não tem experiência com o mercado de ações, a identificar empresas que podem vir a apresentar bom potencial de retorno como investimento".

Começando a partir de uma reflexão sobre as características necessárias para se tornar um investidor em ações, passando por explicações sobre o que é uma ação, quais os passos práticos para que se comece a investir até a discussão de estratégias fundamentalistas, terminando com um alerta sobre os erros mais comuns que são cometidos pelos investidores iniciantes, o Manual do Pequeno Investidor em Ações busca introduzir um mundo novo, desmistificando a ideia de que a Bolsa de Valores é um cassino.

Fábio dá dicas interessantes sobre a escolha da corretora e os possíveis conflitos de interesse pro trás das recomendações de compra/venda e do estímulo ao uso da Análise Técnica em detrimento da Análise Fundamentalista. Demonstra ainda que o investidor deve considerar a empresa como se fosse um negócio próprio porque, afinal, É um negócio próprio!

Sempre defendendo a estratégia fundamentalista, reacende o debate sobre o que é ser um investidor ou um especulador. Destaca ainda pontos a serem observados ao se escolher a empresa a investir para evitar comprar ações que não tenham um bom histórico de desempenho. Alerta ainda que, se a preocupação é a formação de patrimônio, tendo em vista o retorno no longo prazo, a volatilidade diária dos preços não deveria assustar o pequeno investidor.

Também são destacados o que, para o autor, seriam erros bastantes comuns que deveriam ser evitados por todo pequeno investidor como ter cuidado com "dicas de analistas financeiros", ficar fora da bolsa, investir apenas nas empresas mais conhecidas, especular com "micos" e até participar de IPO*.


Opinião


Para quem está començando, o Manual do Pequeno Investidor em Ações pode servir como uma verdadeira iniciação neste mundo. Com uma liguagem clara, sem rodeios e sem termos técnicos em demasia, a leitura é boa e flui de forma natural.

O livro traz diversos exemplos e simulações, elaborados pelo próprio Fábio, que ajudam a ilustrar melhor o que ele tenta transmitir.

Sempre enfático em suas colocações, o autor está convicto que a melhor opção para o pequeno investidor é seguir a estratégia de investimento baseada nos fundamentos das empresas. Trata-se de fazer uma seleção de boas empresas que o mercado esteja precificando muito abaixo de seu real valor. Levando em consideração que, via de regra, o pequeno investidor não faz do mercado de ações sua principal ocupação, a estratégia proposta seja, talvez, a mais adequada a esse público.

A ressalva que teria a fazer (já feita em outras ocasiões em comentários no blog do autor) é que, na minha opinião, para provar o seu ponto, Fábio força as simulações para que se obtenha o resultado desejado de forma alegórica. Claro que isso não anula suas colocações, porém, é preciso sempre ter essa ressalva em mente.

É uma leitura que recomendo!






Frases e Pensamentos de Fábio Portela


  • Investir no mercado de ações é perfeito para quem pretende, em vinte ou trinta anos, se aposentar com uma bela renda;
  • No curto prazo, a bolsa de valores é totalmente imprevisível, sendo perfeitamente possível obter retornos fabulosos ou prejuízos igualmente extraordinários;
  • O investidor que acumula ativos, por sua vez, adquire verdadeiras fábricas de dinheiro;
  • É importante que o investidor saiba controlar suas emoções;
Fábio Portela

-----
* Initial Public Offering: Oferta Pública Inicial: Trata-se do momento em que uma empresa passa a ser lista na bolsa e oferta suas as ações para compra pelo público em geral pela primeira vez.


E vamos que vamos!

Um grande abraço e até a próxima!


Kleber Rebouças


Rico Dinheiro: Curta e Compartilhe Educação Financeira!


Outras sugestões de leitura:
Liberal com Orgulho
Método para a Educação Financeira
Memórias de um Operador da Bolsa
O Investidor Inteligente
Ilusões Populares e a Loucura das Massas






Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Financiamento Imobiliário: Tabela PRICE ou SAC?

Exchange Traded Fund

Ganhe Dinheiro com o seu Cartão de Crédito